LANÇAMENTO DE RELATÓRIO SOBRE TRABALHO REMOTO E HÍBRIDO EM ORGANIZAÇÕES PÚBLICAS ELABORADO PELO PEOPLE IN GOVERNMENT LAB

12 de julho de 2022 Por Diogo Feliciano

O relatório do People in Government Lab, Addressing Challenges to Remote and Hybrid Working in Public Organizations (“Enfrentando os desafios do trabalho remoto e híbrido em organizações públicas”, em português) apresenta os resultados de uma pesquisa realizada em várias organizações públicas em três países – Brasil, Chile e Reino Unido. Ele fornece insights sobre como melhorar o trabalho remoto e híbrido dentro dos governos.

A adoção forçada ao trabalho remoto e híbrido em organizações públicas durante a pandemia de COVID-19 é uma inovação na gestão de pessoas que repercutirá nos próximos anos. Compreendendo a necessidade de reunir evidências que ajudem os governos a melhorar o trabalho remoto e híbrido, o relatório de política aborda quatro questões amplas:

  • Como o trabalho remoto e híbrido impacta os servidores públicos?
  • Quais são os desafios que este modelo de trabalho representa para as organizações públicas?
  • Quais grupos são mais afetados por esses desafios?
  • Como os governos podem garantir o sucesso do teletrabalho?

O relatório discute quatro principais descobertas focadas nos desafios enfrentados pelos servidores públicos no teletrabalho durante a pandemia:

  • Em primeiro lugar, a maioria dos entrevistados está satisfeita com o trabalho remoto e híbrido, mas os desafios relacionais e de equilíbrio entre vida pessoal e profissional surgiram de forma muito evidente; 
  • Em segundo lugar, as estruturas regulatórias já estabelecidas e as políticas de teletrabalho afetaram a exposição anterior ao teletrabalho dos entrevistados e sua experiência de trabalho remoto e híbrido;
  • Em terceiro lugar, dentre os entrevistados, aqueles com menos escolaridade, mulheres e/ou profissionais que não estão em cargos de gerência possuíam substancialmente menos experiência de trabalho remoto e esses grupos precisaram se adaptar mais rapidamente;
  • E em quarto, gestores e servidores públicos mais jovens enfrentam mais desafios ao teletrabalho durante a pandemia do que ‘não-gestores’ e servidores públicos mais velhos.

Diante dessas descobertas, o relatório propõe um conjunto de recomendações baseadas em evidências – analisando estruturas regulatórias, políticas e de práticas gerenciais – para melhorar o trabalho remoto e híbrido no setor público. As recomendações vão desde o fortalecimento de habilidades de liderança e práticas de equipe para melhorar o processo de desenvolvimento profissionais de recém contratados e de difusão de sistemas de apoio para fins de bem-estar, utilizados como forma de melhorar as habilidades e performance de planejamento e gerenciamento de tempo dos servidores públicos.

O estudo, em inglês, pode ser baixado na íntegra acessando: https://www.bsg.ox.ac.uk/research/research-and-policy-updates/people-government-labs-launch-report-remote-and-hybrid-working

As conclusões deste relatório serão apresentadas na conferência internacional promovida pelo People in Government Lab na próxima sexta-feira, 15 de julho, em um evento online e gratuito que acontecerá das 9h ao 12h (horário de Brasília). Você pode se inscrever através do link: https://t.co/3lhs7ISYU6